Lucro

In: Business and Management

Submitted By arturcmalta
Words 4759
Pages 20
GABARITOS – Concurso Caixa Econômica Federal pela Fundação Carlos Chagas

Advogado Júnior - Tipo 1

001 - C 015 - B 029 - D 043 - D 057 - E 071 - B
002 - B 016 - E 030 - C 044 - C 058 - A 072 - A
003 - E 017 - C 031 - B 045 - A 059 - B 073 - D
004 - A 018 - D 032 - E 046 - A 060 - C 074 - C
005 - D 019 - A 033 - A 047 - B 061 - A 075 - E
006 - C 020 - E 034 - C 048 - C 062 - E 076 - A
007 - E 021 - D 035 - D 049 - A 063 - D 077 - D
008 - D 022 - A 036 - B 050 - E 064 - B 078 - C
009 - A 023 - C 037 - E 051 - B 065 - C 079 - E
010 - B 024 - B 038 - A 052 - E 066 - A 080 - B
011 - E 025 - E 039 - C 053 - A 067 - B
012 - A 026 - E 040 - D 054 - D 068 - D
013 - D 027 - A 041 - B 055 - C 069 - E
014 - C 028 - B 042 - E 056 - D 070 - C

Advogado Júnior - Tipo 2

001 - D 015 - C 029 - E 043 - E 057 - A 071 - C
002 - C 016 - A 030 - D 044 - D 058 - B 072 - B
003 - A 017 - D 031 - C 045 - B 059 - C 073 - E
004 - B 018 - E 032 - A 046 - B 060 - D 074 - D
005 - E 019 - B 033 - B 047 - C 061 - B 075 - A
006 - D 020 - A 034 - D 048 - D 062 - A 076 - B
007 - A 021 - E 035 - E 049 - B 063 - E 077 - E
008 - E 022 - B 036 - C 050 - A 064 - C 078 - D
009 - B 023 - D 037 - A 051 - C 065 - D 079 - A
010 - C 024 - C 038 - B 052 - A 066 - B 080 - C
011 - A 025 - A 039 - D 053 - B 067 - C
012 - B 026 - A 040 - E 054 - E 068 - E
013 - E 027 - B 041 - C 055 - D 069 - A
014 - D 028 - C 042 - A 056 - E 070 - D

Advogado Júnior - Tipo 3

001 - B 015 - D 029 - C 043 - B 057 - E 071 - E
002 - D 016 - C 030 - E 044 - E 058 - B 072 - C
003 - C 017 - B 031 - B 045 - D 059 -…...

Similar Documents

Corporate Finances 1

...Aula 1 - Chapter 1 quinta-feira, 19 de julho de 2012 15:04 • Overview of Financial Management and the Financial Environment ○ Objetivo de uma empresa: Maximizar riqueza (riqueza ≠ lucro) ○ Razão de uma empresa: viabiliza um lucro que o acionista não conseguiria sozinho ○ Topicas in this Chapter:  Forms of Business Organization  Objective of the firm: Maximize Wealth  Determinants of fundamental value  Financial securities, markets and institutions ○ Corporate financce provides the skills managers need to:  Identify and select the corporate strategies and individual projects that add value to the firm.  Forecast the funding requirements of the company, and devise strategies for acquiring those funds. *Finanças: - Avaliar a proposta de valor dos projetos (análise de viabilidade) - Buscar dinheiro para as estratégias e propostas (captação de recursos) ○ Becoming a Public Corporation and Growing Afterwards:  Initial Public Offering (IPO) of stock □ Raises Cash □ Allows founders and pre-IPO investors to "harvest" some of their wealth  Subsequent issues of debt and equity ○ Agency Problems and Corporate Governance:  Agency Problem: managers may act in their own interest and not on behalf of owners (stockholders)  Corporate Governance is the set of rules that control a company's behavior toweards its directors, managers, employees, stockholders, creditors, costumers, competitors and the community.  Corporate Governance can help control agency problems. *Comportamento......

Words: 6393 - Pages: 26

Bill French Case in Portuguese

...o cercavam. O convite de Wes Davidson para French comparecer a uma reunião informal da Diretoria tomou de surpresa alguns do grupo de contabilidade. No entanto, quando French pediu permissão para apresentar as conclusões de sua análise, utilizando gráficos de pontos de equilíbrio, Davidson concordou. A Duo-Products Corporation nunca havia utilizado este tipo de análise em suas revisões ou programas de planejamento. Basicamente, o que French havia feito fora determinar o nível em que a companhia deveria operar para atingir o seu ponto de equilíbrio. Como ele colocou: A companhia deve ter condições de vender, pelo menos, um volume suficiente de artigos para cobrir todos os custos variáveis de produção e de vendas; além disso, ela não terá lucros se não cobrir também os custos fixos, ou não variáveis. O nível de operação em que os custos totais (isto é, variáveis mais não variáveis) são cobertos, é o volume de equilíbrio. Este deverá ser o limite mínimo em todo o nosso planejamento. Os registros contábeis forneceram as seguintes informações utilizadas por French na elaboração de seu gráfico: Capacidade de produção - 2 milhões de unidades ─────────────────── O caso original, n_6-104-039, intitulado Bill French, Accountant, a partir do qual foi feita esta tradução foi preparado por R.C. Hill and N.E. Harlan da Harvard University Graduate School of Business Administration como base para discussão em sala de aula, não pretendendo ilustrar práticas administrativas eficazes ou......

Words: 2588 - Pages: 11

Controladoria

... Salários e encargos da MOD 6.000,00 Depreciações na fábrica 1.000,00 Impostos da fábrica (IPTU) 400,00 Admitindo a receita de vendas de R$ 20.000,00 no período, apure o Resultado Operacional e o resultado líquido após o IR (40%). 4) Análise de sensibilidade: * Custos Fixos Totais = $ 20.000 * Custo Variável Unitário = $ 3 * Preço de Venda Unitário = $ 8 * Previsão de Vendas - entre 4.000 e 6.000 (unidades) Calcular o Ponto de Equilíbrio em unidades e o lucro a 6.000 unidades de vendas. O que acontece com o Ponto de Equilíbrio se: a) O Custo Fixo Total aumenta em 10%; b) O Custo Variável Unitário aumenta em 10%; c) O Preço de Venda Unitário aumenta em 10%; d) Há um aumento de 10% no volume, que é de 5.000 unidades. Qual o volume de vendas necessário para se obter um lucro de $ 12.500? Qual o lucro a um volume de vendas de 3.500 unidades? Qual o volume de vendas para se obter uma Margem de Contribuição Total de $25.000? 5) A Companhia Imperial prevê, com capacidade total, seus custos como se segue: Fixos – R$ 210.000,00 e Variáveis – R$ 120.000,00 Os custos fixos são constantes em todos os níveis de operação; custos variáveis variam de forma diretamente proporcional à produção e às vendas. Estima-se que as vendas sejam de R$ 400.000,00, com capacidade total. a) Prepare uma demonstração de resultados considerando que a empresa está......

Words: 8512 - Pages: 35

Caso Sabores Da Serra

...Respostas às Questões - Caso Sabores da Serra 01) STAKEHOLDERS 02) ANÁLISE DAS METAS No momento, as metas acabaram de ser delimitadas para o período de 2013 a 2014 e ainda estão distantes do seu atingimento. A meta global é o aumento do Lucro Líquido da companhia, no entanto, o atingimento dela está atrelado ao cumprimento das metas de cada área (aumento das vendas, redução dos custos, expansão dos mercados de atuação, aumento da capacidade produtiva acompanhado de aumento de produção aos novos mercados, etc.). O atingimento dessas metas por sua vez, depende de variáveis externas como o comportamento e as ações de mercado dos concorrentes locais e externos, que podem minar o plano de ações da Sabores da Serra caso não sejam considerados. Além disso, a expansão da capacidade produtiva da fábrica deve ser minuciosamente estudada, de modo que não implique em majoração dos custos totais médios de produção, visto que o que se busca com ela é a minimização dos custos por meio do aumento da eficiência, resultando em melhoria no resultado da empresa. A meta global de aumento do lucro incomoda muito aos stakeholders, principalmente aos sócios João e Débora, que têm visto o retorno de seus capitais investidos degringolando nos últimos anos, em função principalmente da tomada de mercado pelos grandes concorrentes - possivelmente atrelada a um posicionamento incorreto em termos de mix de produção - e da ineficiência da produção na fábrica da Sabores da Serra. Tal meta global é...

Words: 1161 - Pages: 5

Arrendamento

...Circulante) R$ 24.000,00   DEPRECIAÇÃO   O valor depreciável de ativo arrendado é alocado a cada período contábil durante o período de uso esperado em base sistemática consistente com a política de depreciação que o arrendatário adote para os ativos depreciáveis de que seja proprietário.   Se houver certeza razoável de que o arrendatário virá a obter a propriedade no fim do prazo do arrendamento mercantil, o período de uso esperado é a vida útil do ativo; caso contrário, o ativo é depreciado durante o prazo do arrendamento mercantil ou da sua vida útil, dos dois o menor.   Esta depreciação seguirá o método usual – veja tópico “Depreciação”, nesta obra.   DEDUTIBILIDADE DA DEPRECIAÇÃO   Na apuração do lucro real e da base de cálculo da contribuição social sobre o lucro, a dedutibilidade da depreciação do bem está condicionada à observância do disposto no artigo 13, inciso III da Lei 9.249/95, ou seja, somente será dedutível a depreciação de bens relacionados intrinsecamente com a produção ou a comercialização de bens e serviços.   ENCARGO FINANCEIRO A APROPRIAR   Registra-se a diferença entre o valor total das contraprestações, adicionado do valor residual, e o valor do bem arrendado, como encargo financeiro a apropriar em conta retificadora das contraprestações a pagar, no passivo.   Exemplo:   Valor do bem arrendado: R$ 36.000,00 Valor total das parcelas (incluindo juros): R$ 45.000,00 Valor residual: R$ 5.000,00   Então teremos:   Valor total a ser......

Words: 1346 - Pages: 6

Test

...Las Organizaciones sin Fines de Lucro en 2007: Una Fuerza Económica Página 4 Recomendaciones Modificar las disposiciones del Código de Rentas Internas en lo concerniente a los 1 donativos, teniendo como meta moverse hacia una legislación similar a la de Estados Unidos en la cual la deducción fomenta en mayor medida las contribuciones caritativas. Considerar establecer una exención en el pago del IVU y/o arbitrios para las 2 entidades sin fines de lucro. Promover y facilitar los procesos necesarios para que las OSFL cumplan con los 3 requisitos y obtengan la certificación 501(c3), como alternativa para poder acceder otras fuentes de fondos. Mejorar, sistematizar y agilizar los procesos de transferencia de fondos de parte del 4 Gobierno a las OSFL. 5 Sectores o Grupos Crear un organismo facilitador (entidad no gubernamental o cuasi pública) que permita al Gobierno llevar procesos de "accountability" que contribuyan a facilitar los procesos de monitoreo de los fondos que se otorgan y, a la vez, contribuya a solidificar la credibilidad y transparencia del Sector. Diversificar fuentes de fondos a través del desarrollo de actividades de autogestión y empresarismo social que sean viables para las entidades y que vayan de acuerdo a su misión y visión. 6 Insertar y considerar las OSFL en los procesos de toma de decisiones concernientes a la política pública, a través de medidas, como por ejemplo, el restablecimiento de la Comisión del Tercer Sector en la......

Words: 2164 - Pages: 9

Análise Balanço Gpa

...comércio eletrônico, tanto na área de alimentos como não alimentos, e operações nos segmentos de postos de combustíveis e drogarias, com as bandeiras Extra e Pão de Açúcar. Em 2012, registrou de lucro líquido recorde de R$ 1,156 bilhão e receita bruta de vendas de R$ 57,234 bilhões. • • 2 Ativo Exercício Ativo Total 2012 35.396.234.000 2011 33.769.005.000 2010 29.932.748.000 2009 18.012.734.000 Ativo total apresenta desaceleração do crescimento (+) Aquisições e eficiência operacional Ativo Circulante (+) Disponibilidade (-) Contas a receber Ativo Não Circulante (+) Imobilizado e realizável a longo prazo • • • • • Aquisição Assaí e Ponto Frio Associação Casas Bahia Remunerações de aplicações financeiras Securitização de direitos creditórios e contas a receber. FDIC Investimento de R$1,5Bi, R$700M em novas lojas 3 Passivo & Patrimônio Líquido Patrimônio Liquido (+) Capital Social e Reserva de Lucros Passivo Circulante (+) Empréstimos e financiamentos (+) Fornecedores • • • • • Aquisição Assaí e Ponto Frio Associação Casas Bahia Remunerações de aplicações financeiras Securitização de direitos creditórios e contas a receber. FDIC Investimento de R$1,5Bi, R$700M em novas lojas 4 DRE & ROE Patrimônio Liquido (+) Capital Social e Reserva de Lucros Passivo Circulante (+) Empréstimos e financiamentos (+) Fornecedores • • • • • Aquisição Assaí e Ponto Frio Associação Casas Bahia Remunerações de aplicações financeiras Securitização......

Words: 422 - Pages: 2

Custos Modelo

...comissões e lucro desejado. Martins (2010), ainda cita que o preço de venda é definido da seguinte maneira: são somadas as taxas de despesas gerais administrativas (DGA) mais as comissões dos vendedores (COM) mais os tributos sobre o preço (IMP) e a margem de lucro desejada (MLD). Daí então, o preço de venda é o custo unitário do produto mais o acréscimo da somatória citada acima, conhecida como markup, do preço de venda. Com base nestas informações a HJM Engenharia definiu as taxa como exibido abaixo: * DGA = 1% (pois este percentual é uma estimativa definida pela empresa como cita Hirschfeld (2000)); * COM = 0% (devido o fato de a empresa já possuir contratos com os clientes e não ter vendedores); * IMP = 11,72% (ICMS de acordo com o faturamento estimado da empresa, dado fornecido por contadores do ramo); * MLD = 3% (estratégia da empresa de preço menor para penetração de mercado). Somando os dados para obter o markup: * Markup = DGA + COM + IMP + MLD = 1 + 0 + 11,72 + 3 = 15,72% Como o preço de venda é o custo acrescido deste, então: * PV = Custo unitário + 0,1572PV PV – 0,1572PV = C PV = 1702,22/0,8428 PV = R$ 2.019,72 10.5 Ponto de equilíbrio Após a determinação do preço de venda, a HJM Engenharia define o ponto de equilíbrio. Samanez (2009), o ponto de equilíbrio operacional é definido como o nível que deve-se vender para igualar o lucro a zero, lucro este que o autor define como Lajir (lucro......

Words: 1701 - Pages: 7

Companhia Brasileira de Distribuição

...aumentou porque as obrigações de longo prazo passaram para o curto prazo, já que a conta de Empréstimos e financiamentos do Passivo Não Circulante teve uma grande diminuição. Por fim, podemos notar um aumento também na conta de Reservas de lucros da empresa, onde a empresa optou por imobilizar boa parte do lucro, possivelmente por precaução da empresa para o próximo ano. 2.Análise do DRE: Continuando a análise, agora na parte do DRE, podemos ver um aumento no custo da matéria prima, que sofreu um crescimento maior do que a receita de vendas, o que prejudicou o Lucro Bruto da empresa no período de 2013. Também as despesas operacionais tiveram um aumento maior do que o aumento calculado do Lucro Bruto, fortemente influenciado pelas Outras despesas operacionais cuja proporção passou de 0% para 1,1% no DRE e um aumento de 2720% de 2012 para 2013. Em contra partida as Receitas financeiras tiveram um aumento de 8,3%, que ajudou para aumento do Lucro, assim como também as despesas financeiras, já que elas não aumentaram tanto quando o Lucro. Ao final do DRE, a empresa conseguiu negociar o pagamento dos impostos, o que causou uma queda de 31%, impulsionando o Lucro Líquido para um aumento de 20% em relação ao período anterior. Esse grande aumento do Lucro Líquido também mostra que a empresa conseguiu otimizar os processos, apesar do aumento nas despesas e no custo da mercadoria vendida. 3. Índices Financeiros: Iniciando aparte final da análise, todos os índices de Liquidez......

Words: 896 - Pages: 4

Bill French, Accountant

...convite de Wes Davidson para French comparecer a uma reunião informal da Diretoria tomou de surpresa alguns do grupo de contabilidade. No entanto, quando French pediu permissão para apresentar as conclusões de sua análise, utilizando gráficos de pontos de equilíbrio, Davidson concordou. A Duo-Products Corporation nunca havia utilizado este tipo de análise em suas revisões ou programas de planejamento. Basicamente, o que French havia feito fora determinar o nível em que a companhia deveria operar para atingir o seu ponto de equilíbrio. Como ele colocou: A companhia deve ter condições de vender, pelo menos, um volume suficiente de artigos para cobrir todos os custos variáveis de produção e de vendas; além disso, ela não terá lucros se não cobrir também os custos fixos, ou não variáveis. O nível de operação em que os custos totais (isto é, variáveis mais não variáveis) são cobertos, é o volume de equilíbrio. Este deverá ser o limite mínimo em todo o nosso planejamento. Os registros contábeis forneceram as seguintes informações utilizadas por French na elaboração de seu gráfico: Capacidade de produção - 2 milhões de unidades ─────────────────── O caso original, n_6-104-039, intitulado Bill French, Accountant, a partir do qual foi feita esta tradução foi preparado por R.C. Hill and N.E. Harlan da Harvard University Graduate School of Business Administration como base para discussão em sala de aula, não pretendendo ilustrar práticas administrativas......

Words: 2609 - Pages: 11

Ihojhopj

...Reavaliação Reserva de Lucro LUCRO ACUMULADO (-) AÇÕES EM TESOURARIA Tt. PATRIMÔNIO LÍQUIDO TOTAL DO PASSIVO Lojas Laher S.A DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO Valores em: milhares Valores Atualizados 2003 424.347 49.006 0 2004 462.562 67.558 0 2005 416.191 62.215 0 2006 412.872 63.194 0 2007 452.835 75.093 0 VENDAS LÍQUIDAS (-) Custo Bens/Serv. Vendidos 375.341 252.706 395.004 250.568 353.977 222.326 349.677 210.434 377.742 229.099 LUCRO BRUTO (-) Despesas Vendas (-) Despesas Gerais/Administr. (+) Res. Equivalência Patrimonial (-) Outras Des. Operacionais (+) Outras Rec. Operacionais 122.635 68.805 17.253 (45.215) 57.631 70.509 144.436 81.926 20.695 (9.446) 8.185 0 131.651 71.528 19.483 66.179 63.695 35.773 139.243 74.177 20.649 (25.010) 9.319 7.555 148.642 82.261 23.049 (43.478) 12.849 8.723 4.240 ____________ ____________ 24.183 ___________ ___________ 78.897 ___________ ___________ 17.642 __________ __________ (4.271) ___________ ___________ (485) 9.187 58.378 15.224 49.152 3.272 53.861 43.793 38.662 72.007 LUCRO OPERACIONAL 2 (+) Receitas Não Operacionais (-) Despesas Não Operacionais (+) Ajustes Planos Econômicos 13.912 1.409 2.163 (18.971) 5.787 10.208 33.018 2.704 2.624 7.575 13.619 4.605 29.074 176 0 RESULTADO ANTES I. R. (-) I.R + Contrib. Social......

Words: 1855 - Pages: 8

Lions Corporation - Case Harward

... o que reduz o custo efetivo da dívida. No entanto, se a maior parte do lucro de uma empresa já está protegida da tributação por meio de escudos tributários de depreciação ou por compensação de prejuízos fiscais anteriores, sua alíquota de impostos será baixa, de modo que a dívida não será tão vantajosa quanto seria para uma empresa com uma alíquota de impostos efetiva mais alta;  3 - Flexibilidade financeira, ou a capacidade de levantar capital sob condições razoáveis em situação adversa. Os administradores financeiros de empresas sabem que uma oferta uniforme de capital é necessária para operações estáveis – o que é vital para o sucesso a longo prazo. Eles também sabem que, quando há redução de crédito na economia, ou quando uma empresa está passando por dificuldades operacionais, os provedores de capital preferem fornecer fundos a empresas com balanços patrimoniais fortes. Portanto, tanto a necessidade potencial futura de fundos como as conseqüências de uma deficiência de fundos têm grande influência na estrutura de capital desejada – quanto maior for a necessidade futura provável de capital e quanto piores forem as conseqüências de uma falta de capital, mais forte precisa ser o balanço patrimonial; 4 - Conservadorismo ou agressividade da administração. Alguns administradores são mais agressivos que outros e por isso algumas empresas são mais propensas à utilização de dívidas para alavancar os lucros. Este fator não afeta a estrutura de capital ótima ou maximizadora de......

Words: 3357 - Pages: 14

Altius Golf

...usufruindo de todo o potencial e prestigio que a marca tem no mercado. O objetivo principal seria “A Altius tem uma resposta para todos os consumidores adaptando-se às suas habilidades e capacidade financeira”, e para tal teria de adaptar a sua estratégia de comunicação para isso mesmo. Mesmo sabendo dos elevados custos, a Altius deveria fazer alguns investimentos, tanto em comunicação como em marketing, para melhorar o seu negócio no geral. A Altius terá de implementar campanhas dirigidas a cada um dos segmentos que quer alcançar. Se estas foram bem-sucedidas e tocarem nos pontos fundamentais de sensibilização dos consumidores, os retornos serão positivos e a quota de mercado aumentada, o que levará ao crescimento da empresa e ao aumento dos lucros. A aposta da Altius deveria ser focada numa estratégia de aproximação ao consumidor. A Altius deveria estar disposta a ter menos margem no Elevate (e noutros produtos parecidos) uma vez que chegarão, muito possivelmente, a um largo número de consumidores mais sensíveis aos preços, e que associarão a marca e prestigio já conquistada pela Altius aos seus produtos premium. Deverá também implementar uma estratégia que tenha como objetivo criar o gosto pelo golf aos seus clientes, de maneira a que estes sintam a necessidade de procurar melhores bolas, com outras características e encararem este desporto de forma mais séria e mais competitiva. Esta estratégia vai passar por um investimento em técnicos especializados em golfe que terão......

Words: 1140 - Pages: 5

Work Marketing

...para obtenção de lucro. (Philip Kotler, 1967) O que é o marketing? Algumas definições “O marketing é uma função organizacional e um conjunto de processos para criar, comunicar e entregar valor aos clientes e para gerir relações com os clientes de forma a beneficiar a organização e os seus stakeholders.” (Associação Americana de Marketing, 2004) “Marketing is the activity, set of institutions, and processes for creating,communicating, delivering, and exchanging offerings that have value for customers, clients, partners, and society at large.” (American Marketing Association, 2007) O que é o marketing? Filosofia de Gestão Processo de Gestão Filosofia Princípios Métodos Técnicas Explorando as definições:  Marketing consiste em actividades  Marketing é desempenhado por indivíduos e organizações  Marketing facilita relações de troca satisfatórias  Marketing acontece num ambiente dinâmico  Marketing envolve produtos, distribuição, promoção, preço (e + 3 “p’s” nos serviços)  Marketing concentra-se em mercadorias, serviços e ideias A importância do marketing As actividades de marketing são utilizadas em muitas organizações  As actividades de marketing são importantes para as empresas e para a economia  O marketing contribui para o estudo do consumidor Os custos do marketing absorvem uma fatia relevante dos rendimentos dos compradores  Performance das empresas  A empresa atinge o lucro através da......

Words: 1488 - Pages: 6

Pilanaboca

...económicas ou legais dos mercados. • As barreiras estratégicas são devidas à acção deliberada dos monopolistas, que procuram evitar a entrada de concorrentes e manter a sua posição dominante. 4 BARREIRAS ESTRUTURAIS • Exemplos de barreiras estruturais: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. Economias de escala (monopólios naturais); Economias de aprendizagem; Economias de relacionamento/confiança; Diferenciação (clubes de futebol); Efeitos de rede (Windows, redes de telemóveis) Patentes (incentivo à inovação); Concessões (incentivo ao investimento); Tarifas e quotas (restrições ao comércio internacional). 5 BARREIRAS ESTRATÉGICAS • Exemplos de barreiras estratégicas: 1. Preço limite: preço fixado não com o objectivo de maximizar o lucro, mas com o objectivo de fazer com que a entrada no mercado não seja rentável; 2. Excesso de diferenciação: a proliferação de marcas cobre o mercado de forma a não deixar espaço a potenciais concorrentes (cereais de pequeno-almoço, imprensa); 3. Controle de inputs e outlets: a integração vertical e os contratos de exclusividade garantem vantagens competitivas à empresa instalada em termos de custos de transacção; 4. Publicidade: a fidelização e a imagem de marca podem tornar a entrada demasiado dispendiosa. 6 2.2. Monopólio 2.2.1. Empresa como “price-maker”. 2.2.2. Barreiras à entrada. 2.2.3. Solução de monopólio. 2.2.4. Perda de bem-estar em monopólio. 2.2.5. Discriminação de preços. 2.2.6. Monopólio com 2 fábricas. 2.2.7.......

Words: 3176 - Pages: 13